TORNE-SE NUMA FAT

IMG-20190923-WA0009.jpg

Sabia que pode ajudar um animal em risco oferecendo-lhe acolhimento até à sua Adoção?

 

A Sociedade Protectora dos Animais recebe diariamente pedidos de ajuda para animais em situações de risco, que precisam de um local seguro onde ficar até encontrarem uma Adoção. 

Não dispondo de um local onde seja possível acolhê-los, o apoio das Famílias de Acolhimento Temporário é fundamental para que nos seja possível ajudar cada vez mais.

 

A Família de Acolhimento Temporário (FAT)  responsabiliza-se por acolher em sua casa o animal e providenciar-lhe os cuidados e todo o amor que precise.

Os cuidados veterinários, a alimentação e o processo de Adoção são assegurados por nós.


Aguardar uma Adoção em ambiente familiar permite que o animal receba mais atenção e mais cuidados, fique familiarizado com as rotinas de uma casa e que não esteja sujeito ao stresse enorme que é viver num albergue, além de nos permitir perceber melhor o seu temperamento.
 

As FAT são uma preciosa ajuda em várias situações:

 

- Para animais que foram alvo de cirurgia e durante algum tempo precisam de um ambiente seguro e calmo (difícil de garantir nos albergues);

 

- Para o acolhimento de animais que precisam de muitos cuidados, sobretudo bebés órfãos e outros animais que precisem de cuidados especiais;

 

- Em situações urgentes de animais em risco ou sujeitos a algum trauma, que necessitem de uma resposta imediata;

 

- Para animais que não toleram a presença de outros ou que sempre viveram em ambiente familiar.

 

 

Pode inscrever-se como FAT da Sociedade Protectora dos Animais a família/pessoa que reúna as condições definidas no regulamento e que pretenda contribuir para resgatar um animal de uma situação de risco.

 

Para se candidatar, deverá enviar um email para adota.me@spanimais.org.

Testemunho:

O que falar do Baltazar? Quando ele chegou aqui em casa, estava com muito medo e alguns traumas para serem esquecidos. Apesar disso, nunca nos negou afeto. Ao passar dos dias e ao perceber que só tínhamos amor para dar, foi se soltando e começou a ser o cão que é: muito meigo, cheio de energia e com muito, mas muito amor pra dar. Ser Família de Acolhimento Temporário é uma experiência única. Cada animal tem uma história e precisamos ter paciência e saber respeitar a individualidade de cada um. O Baltazar é iluminado, todos que o conheceram se apaixonaram e ele deixou marcas que nunca serão apagadas. Eu e Erni agradecemos muito a confiança e suporte que a @sociedadeprotectoradosanimais nos deu. A troca de amor e carinho foi mútua aqui em casa. Não vai ser fácil deixar o Baltazar ir, mas saber que fizemos tudo que estava ao nosso alcance e ver os “sorrisos” que hoje ele dá, faz tudo valer a pena. ❤️

Marcelle